terça-feira, 29 de dezembro de 2015

RETROSPECTIVA 2015

É quase hora de trocar o último dígito do calendário e a gente faz aquele balanço do ano que se encerra.
Não sei vocês, mas eu tenho sempre a impressão de que o passar dos meses, olhando bem o calendário, representa uma escadaria de números. É como se fôssemos descendo todos os dias até chegar em 31 de dezembro. Depois zera tudo e a gente desce de novo, sem ter que subir pra descer novamente.