segunda-feira, 18 de maio de 2015

16ª CORRIDA RÚSTICA CIDADE DE ARAQUARI - 09/05/2015

E os dias se passaram e eu ainda não contei sobre a corrida de rua Cidade de Araquari, que aconteceu no sábado dia 9... O tempo tá passando tão depressa que às vezes não sei se estou perdido em algum lugar de março ou abril ainda. Difícil se manter atualizado desse jeito. Mas vamos lá...
A 16ª Corrida Rústica Cidade de Araquari já é tradicional e acontece todos os anos em:
(a) Bela Vista do Toldo
(b) Mafra
(c) Araquari
... 
Acertou quem respondeu a letra "c", de Cidade de Araquari.
Quem já conhece o evento sabe das pretensões que pode ter, ou não, de ser premiado, em dinheiro (classificação geral) ou em troféus (classificação por categorias) na distância principal, que é a de 10 km. Eu por exemplo, não costumo contar com a grana do prêmio. Nem com o troféu... hahaha...  Saio de casa pra correr em Araquari simplesmente porque é uma daquelas corridas pelas quais tenho carinho especial.
Cartaz da festa
Claro que não é a corrida mais competitiva do mundo. Mas é a corrida mais competitiva de Araquari.
Mas contrariando a expectativa dos dias que antecederam a prova eu não estava muito animado no sábado. Sem nenhuma razão, ou talvez pelo cansaço da semana de trabalho, sei lá... estava meio desmotivado, jururu.
Só que corrida é aquela coisa... cura. 
Dizem que "quem canta os males espanta", mas se você sair correndo o mal nem te alcança. E você ainda não incomoda ninguém com sua voz de taquara rachada.
O mano Juliano e os amigos Adriano, Adilson e Tiago
O clima estava bom, e apesar do sol e do horário da corrida estar marcado para 16 horas, não fazia "aquele" calor.
Eu acabei me distraindo tanto que já estava indo pro aquecimento e largada sem o número de peito e o chip eletrônico (vide foto acima em relação ao número). Que isso Tiagão! Corredor 171? Sacanagem contigo... hahaha... Eu nem tinha visto esse detalhe antes. Mas corre muito o guri.
A sorte foi o amigo Lucas aparecer em seguida e eu ter ficado mais tempo próximo ao carro, onde havia guardado o material de corrida.
O Lucas se achando... e eu sem número ainda...
Passado o deslize, e antes daquela tensão que envolve a largada, lá estávamos em meio à galera, posando pra mais algumas fotos...

Como eu não estava preocupado com premiação a corrida seria mesmo um treino de luxo. E isso tem o lado bom que é aquela sensação de leveza, da falta de compromisso (no bom sentido é claro). Logicamente haveria o esforço, porque sempre há... mas nada de tentar ser marciano, sobre-humano, extraterreno...
Aliás, de outro mundo mesmo é a Professora Elis, da Corra Mais Km, que se apresentou de forma impecável e alcançou a linha de chegada em míseros 37 minutos. Barbaridade isso aí!
-Uhulll!!!
A novidade este ano foi a alteração em parte do percurso, que já era o mesmo há tempos. Achei que ficou melhor com as mudanças, porque a parte de chão batido saiu do trajeto e a prova ficou mais plana e rápida. Por isso não vou fazer comparações com o tempo que levei nos 10 km do ano passado. Nesta edição fechei em 39 minutos e 19 segundos (Bom, por se tratar de quem é).
A sensação da chegada é indescritível.
Bom mesmo é estar com os amigos depois de toda canseira...
Não é um bando de louco... só um pouco.
A propósito, esta corrida foi mesmo como ponto de encontro de tantos parceiros, ainda que Araquari e Joinville se confundam e seja quase óbvio encontrar mais gente conhecida correndo "em casa". Mas tinha amigo corredor de Barra Velha, Itajaí, Balneário Camboriú, e até da Argentina, como o Luis Gustavo, de São Francisco do Sul (gabaritei Geografia agora)...
Nosso amigo Luis Gustavo (casaco vermelho), argentino de São Chico
E se a ocasião é a de encontrar os guerreiros de corrida, digo que é mais fácil soltar a pedra da mão e errar o chão do que não encontrar no meio do povo o amigo Adriano.
O que não sou eu é o Adriano (?)
Já depois de muita conversa, fui conversar um pouco mais com quem eu já tinha conversado antes... 
Pelotão Azul - Corra Mais Km

Com o parceiro Cassio
E o fim da festa ainda prometia...
Primeiro quando soubemos, através do amigo Tiago, sobre a classificação do meu irmão Juliano em segundo lugar na categoria 30/34 anos para 10 km. Tiagão foi o primeiro (aquele corredor do 171).
Molecada fera!
E depois, no apagar das luzes, recebemos o prêmio de maior assessoria presente no evento. Recebemos, no caso, a equipe Corra Mais Km.
Lá estou eu, no fundão, com "cara de culpado".
A Corrida de Araquari foi isso, ela é assim. Porque certas coisas não precisam de adereços pra se destacar, ao contrário de formaturas e festas de casamento.
Se Deus permitir quero saúde pra correr de novo no ano que vem... e depois, e depois, e depois. Tipo, poder correr em Araquari "pra sempre".
Valeu galera, até a próxima.
    

Um comentário:

  1. parabens Marciano dedicação superação sempre, obrigado pelo post pela lembrança amigo vlw mesmo, e tamo junto vamo q vamo parabens a todos e muito feliz sempre em ver todos nossos amigos reunidos nas provas e resultado é consequencia parabens mano Juliano tbm abrass a todos ate as proximas

    ResponderExcluir